Cruzeiro poderia estar com mais R$ 750 milhões na conta, mas dois erros aconteceram

O Cruzeiro está correndo contra o tempo para diminuir os prejuízos causados nos últimos anos por causa das crises financeiras vividas no clube e recebeu a informação que poderia salvar a Raposa de imediato. Dois erros cruciais foram fundamentais e tiraram dos cofres do clube R$ 750 milhões, grana suficiente para praticamente quitar a dívida da instituição.

A torcida cruzeirense está apensas observando rivais venderem as joias formada na Toca da Raposa, que estão indo para a Europa por valores astronômicos e sem deixarem um centavo na conta do clube. Vitor Roque, atualmente no Barcelona, e Estevão, do Palmeiras e sendo vendido ao Chelsea, juntos poderiam ter rendido R$ 750 milhões de uma vez.

Revelados para o profissional por Athlético-PR e Palmeiras, a dupla deixou o Cruzeiro com 17 e 14 anos, respectivamente, frutos dos problemas internos que a instituição vivia. Roque foi comprado pelo Athlético por R$ 24 milhões, enquanto Estevão, na época conhecido como Messinho, saiu de graça por rompimento do contrato.

Na época, o clube mineiro vivia um dos piores momentos de sua história sem conseguir escapar da Série B e precisou vender Roque por valor baixo para o quilate prometido. Em dois anos o jovem foi revendido ao Barça por R$ 400 milhões. Estevão, que saiu de graça, está quase sendo vendido ao Chelsea por R$ 350 milhões.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Agora em outro momento, o Cruzeiro está trabalhando para aperfeiçoar a base para não ter novos problemas com garotos. Com Pedro Lourenço no comando, o clube promete mudar o padrão de contratações e deve ter um elenco forte no segundo semestre.

Comentários estão fechados.