Éderson. Foto: Divulgação/Reprodução.

Cruzeiro pode faturar uma bolada com a venda de Éderson

O volante Éderson estreou no Cruzeiro em 2018, mas foi em 2019 que se destacou entre os titulares do rebaixamento. Com boas atuações naquela temporada, o atleta deixou a Raposa em fevereiro de 2020, pouco depois de o time ter caído para a Segunda Divisão do Brasileiro.

No entanto, o meia ainda pode render bons frutos para a equipe mineira. Isso porque, de acordo com informações do jornalista italiano Gianluca Di Marzio, Éderson deve ser contratado, em breve, pela Atalanta por 15 milhões de euros. Na conversão livre, pouco mais de R$82 milhões.

Quanto o Cruzeiro pode ganhar?

Atualmente, Éderson defende o escudo da Salernitana, também da Itália. Caso a negociação seja de fato concretizada, o Cruzeiro seria beneficiado. O time celeste é o clube formador do volante, por isso, visto o mecanismo de solidariedade, tem direito a 0,79% do valor. Com isso, a Raposa poderá receber cerca de R$650 mil. 

Vale lembrar que esta não seria a primeira vez que Éderson, depois de deixar o Cruzeiro, daria um retorno financeiro ao clube. No início de 2022, o volante foi vendido pelo Corinthians à Salernitana por 6 milhões de euros (R$36,6 milhões na época), e a Raposa teve direito a R$310 mil. 

Desta forma, em um cenário futuro que a transação do jogador seja efetivada pela Atalanta, Éderson terá rendido ao Cruzeiro quase R$1 milhão em 2022. Vale lembrar que o atleta, ao rescindir contrato com a equipe celeste, retirou a ação contra o clube na Justiça do Trabalho.

Pelo Cruzeiro, Éderson fez 27 jogos, marcou dois gols e foi um dos destaques da equipe em 2019, ano do rebaixamento. O atleta passou pelo Corinthians, onde não foi bem, e pelo Fortaleza, em 2021, quando novamente se destacou no futebol.

Já na Salernitana-ITA, sua atual equipe, o volante fez 15 partidas, marcou dois gols e deu uma assistência.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.