Cruzeiro pode enfrentar mudanças nas regras do futebol: um novo cartão azul

O Cruzeiro volta a campo nessa sexta-feira (9), contra a Patrocinense, no Mineirão, às 16h30, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. Em reta final de preparação, o Cabuloso pode enfrentar mudanças em breve nas regras do futebol que podem mudar a dinâmica do jogo. Entre as mudanças estão a implementação do cartão azul, que vai expulsar temporariamente um jogador.

Em anuncio surpreendente da IFAB, International Football Association Board, organismo internacional que regulamenta as regras do futebol, o cartão azul vai passar a ser testado em breve. A ideia é que os primeiras testes aconteçam na Copa da Inglaterra, onde o jogador punido vai ficar fora de campo por 10 minutos.

A mudança será a primeira implementação de cartão desde a Copa do Mundo de 1970, quando o cartão vermelho foi incorporado ao futebol. O azul tende a ser usado mais contra jogadores que cometam faltas anti desportivas ou faltarem com respeito ao árbitro da partida.

Em análise sobre a implementação do novo cartão, o jornalista Vitor Sérgio Rodrigues explicou que dificilmente o Azul será proveitoso para o futebol. “A criação desse cartão azul (para faltas táticas ou reclamações com o árbitro), deixando o jogador dez minutos fora do jogo, é potencialmente perigosa.”, afirmou o comunicador pelo X.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Cruzeiro inquieto no mercado

A diretoria do Cruzeiro está ciente que precisar dar uma resposta aos torcedores e não quer parar de contratar jogadores. Com inscrições abertas até o dia 7 de março, o Cabuloso já contratou oito jogadores para a temporada de 2024.

Léo Aragão (goleiro), Lucas Vilalba (zagueiro), Zé Ivaldo (zagueiro), José Cifuentes (volante), Lucas Romero (volante), Rafa Silva (atacante), Gabriel Verón (atacante) e Juan Dinenno (atacante) foram os contratados até o momento.

Comentários estão fechados.