Cruzeiro não entrega novas documentações a tempo e CBF bloqueia contratações

Diferente daquilo que muitos torcedores esperavam, o Cruzeiro não fez novas movimentações no mercado de transferências, e Larcamón agora tem um elenco praticamente fechado para esta temporada. 

Comunicado pela CBF, o clube mineiro não vai conseguir anunciar novas contratações a partir desta sexta-feira (8). Um atacante que joga pelos lados era prioridade da comissão técnica, no entanto, não há mais tempo hábil para que documentos sejam entregues e os devidos registros concluídos.

Desta forma, o clube encerrou suas investidas na janela de transferências com nove reforços ao elenco: o goleiro Léo Aragão; os zagueiros Zé Ivaldo e Lucas Villalba; os volantes Lucas Romero e Cifuentes; e os atacantes Gabriel Veron, Rafa Silva, Álvaro Barreal e Juan Dinenno. 

Cruzeiro é avisado sobre brecha no regulamento

Como mencionado, a janela de transferências internacionais foi fechada na quinta-feira (7). Porém, os clubes das Séries A e B terão uma nova oportunidade para contratar. A saber, jogadores que tenham disputado o Estadual por outra equipe. 

Neste caso, o regulamento da Confederação Brasileira de Futebol prevê que as equipes poderão registrar os novos reforços até 19 de abril. Ou seja, o Cruzeiro ainda pode encontrar o tão esperado atacante de beirada para atuar pelo lado direito, mas terá que o encontrar no Brasil. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por outro lado, é importante lembrar que o mercado brasileiro está deveras inflacionado. Tanto assim que apenas dois dos nove reforços anunciados pela Raposa estavam no país: Léo Aragão e Zé Ivaldo. Mas a carência no setor é gritante e a diretoria terá que agir. No momento, Larcamón conta apenas com o jovem Robert como jogador de origem da posição. 

Comentários estão fechados.