Cruzeiro lucra em transferência do Flamengo

De acordo com o jornalista Venê Casagrande, o Flamengo fechou nesta segunda-feira (8) a contratação do zagueiro Fabrício Bruno, que atuava pelo Bragantino.

Com isso, devido ao mecanismo de solidariedade da CBF, o Cruzeiro, clube formador do atleta, deve receber certa quantia pela negociação.

Para contar com o zagueiro de 25 anos, o Rubro Negro desembolsou R$15 milhões, valor definido como multa rescisória entre o jogador e o Bragantino.

Desta forma, o Cruzeiro tem direito a receber cerca de R$3 milhões da transação.

Fabrício Bruno no Cruzeiro

Fabrício Bruno foi revelado pelo Cruzeiro no profissional entre 2016 e 2019, e deixou o clube no fatídico ano do primeiro rebaixamento da Raposa. Ao todo, foram 34 partidas e um gol marcado.

Antes do Bragantino, Fabrício passou também pela Chapecoense.

No Massa Bruta, onde ganhou destaque, foram 57 partidas, capitão do time, chegou na final da Sul-Americana, e apesar de não conquistar o título, venceu o prêmio de melhor zagueiro da competição.

Cruzeiro Como Clube Formador

Recentemente o Palmeiras acertou a contratação do zagueiro Murilo, do Lokomotiv Moscou, da Rússia.

Da mesma forma que na negociação do Flamengo, por ser “Cria da Toca”, apelido dado aos atletas formados na base do clube mineiro, a equipe celeste tem direito ao mecanismo de solidariedade da Fifa, sendo apto a receber o percentual referente a 3,58% do valor total da transferência.

Murilo Cerqueira tem 24 anos e fez toda a sua formação de base no Cruzeiro, estreando pelo time profissional em 2017. Depois de disputar 57 partidas pela equipe principal, foi vendido ao Lokomotiv por 2,5 milhões de euros (R$ 10,9 à época) em junho de 2019.

De acordo com o jornalista Bruno Andrade, do site UOL, o Palmeiras pagará 2,5 milhões de dólares, cerca de R$ 14,17 milhões ao clube russo. Desta forma o Cruzeiro fica com 89,5 mil dólares, equivalente a R$ 507 mil na atual cotação.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.