Manoel. Foto: Divulgação/Reprodução.

Cruzeiro é notificado na Justiça e pode perder até R$4,3 milhões

O Cruzeiro recebeu mais uma notificação na Justiça do Trabalho por descumprimento de acordo. Dessa vez, a ação foi movida pelo zagueiro Manoel. Segundo o atleta, em agosto de 2021, ambas as partes chegaram ao consenso sobre o recebimento integral de pouco mais de R$4,3 milhões. 

No entanto, em comunicação realizada no último mês, o jogador, que agora defende a camisa do Fluminense, afirmou que nenhuma das parcelas a serem pagas entre dezembro de 2021 e abril deste não teriam sido concretizadas. 

Entenda o caso e os trâmites

No acordo firmado entre as partes, estava previsto que, se houvesse atraso superior a 90 dias de parcelas, o vencimento de todos os outros pagamentos seria antecipado. Por isso, Manoel pediu que a Justiça atualize os cálculos do valor, com a incidência de uma multa de 5%, além da abertura de execução. 

O caso de Manoel deverá ser incluído no plano de credores proposto pelo Cruzeiro no início do mês de junho. Trata-se de um mecanismo para ordenar as dívidas trabalhistas do clube. A proposta foi apresentada ao Tribunal Regional do Trabalho. Especula-se que a equipe mineira tenha mais de 300 processos deste caráter.  

O time mineiro optou pelo Regime Centralizado de Execuções para organizar e estruturar os débitos trabalhistas. Com isso, o Cruzeiro aguarda o TRT se posicionar para começar o repasse dos valores devidos a ex-jogadores, ex-técnicos e ex-funcionários da Raposa. 

Ainda sobre o tema, vale lembrar que Ronaldo, acionista majoritário da SAF do Cruzeiro, anunciou a contratação do escritório de advocacia ASAF, que ficará responsável por cuidar dos casos processos desta natureza. 

Manoel foi contratado pelo Cruzeiro em 2014. Esteve no clube até a temporada 2018, quando foi emprestado ao Corinthians e depois ao Trabzonspor, da Turquia. Voltou ao Cruzeiro em meados de 2020 e foi um dos principais jogadores do time na temporada da Série B daquele ano.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.