Cruzeiro divulga em detalhes quais as metas do clube para 2024

Recentemente, o Cruzeiro completou 103 anos, começando o seu terceiro ano sob o controle da Sociedade Anônima do Futebol (SAF). A equipe de administradores, liderada por Ronaldo Fenômeno, está atualmente trabalhando para reconstruir o clube dentro e fora de campo, aumentando as expectativas do torcedor para a próxima temporada.

Dentro dos gramados, o clube conseguiu se manter na Série A do Campeonato Brasileiro, terminando a última temporada em 14º lugar com 47 pontos. Esse resultado garantiu ao clube a sua volta a um torneio internacional após quatro anos, com participação na Copa Sul-Americana de 2024. Isso deve trazer um aumento substancial nos ganhos financeiros esperados pelo Cruzeiro neste ano.

A última participação do clube em um torneio internacional foi em 2019, na Copa Libertadores, onde a Raposa acabou eliminada pelo River Plate-ARG nas oitavas de final.

Para reforçar a qualidade técnica da equipe, o clube tem estado ativo no mercado de jogadores, investindo fortemente na montagem da equipe. O argentino Nicolás Larcamón foi contratado como o novo técnico, acelerando o processo de contratações. Entre as novas aquisições estão o volante Lucas Romero, que já é familiar para a torcida do Cruzeiro, e o atacante Juan Dinenno. O clube também confirmou as chegadas de Gabriel Veron, de 21 anos, e Rafa Silva, um dos campeões da Série B de 2022. A defesa também foi reforçada com a contratação de Zé Ivaldo, de 26 anos.

Quais as metas do Cruzeiro para 2024?

Além de reforçar o time, a diretoria do Cruzeiro tem metas significativas para 2024. Uma das principais delas é ampliar o programa de sócios-torcedores “5 Estrelas”. Atualmente, o programa tem menos de 46 mil inscritos, mas o objetivo é alcançar até o final do ano é arrecadar até R$ 52 milhões com o programa.

Em relação aos objetivos dentro do campo, o Cruzeiro pretende ter um bom desempenho em todas as competições participará em 2024. Para o Campeonato Mineiro, a meta da Raposa é o título da competição. Com relação ao Campeonato Brasileiro, a diretoria espera que o time termine pelo menos na oitava colocação.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Já na Copa do Brasil, o Cruzeiro pretende chegar ao menos até as quartas de final do torneio, feito que renderia ao menos R$ 12,8 milhões em premiação. Além disso, uma das metas da diretoria é conquistar uma vaga para a disputa da Libertadores em 2025.

A parte financeira é um dos grandes desafios para a reconstrução do clube. Dentre as estratégias para aumentar a receita está a retomada dos pagamentos das cotas de TV, que estavam suspensas devido a adiantamentos feitos em 2019. Este é um importante fluxo de renda para o clube e a expectativa é que as cotas de TV possam trazer até R$ 127 milhões neste ano. Além disso, o clube também espera arrecadar cerca de R$ 42,3 milhões com a venda de atletas e R$ 34,4 milhões com patrocínios.

Comentários estão fechados.