Cruzeiro deixa Atlético comendo poeira e tem uma das camisas mais vendidas de 2023

O Cruzeiro não quis nem saber e deixou o Atlético-MG comendo poeira em ranking de camisas mais vendidas em 2023. De acordo com a Netshoes, loja de materiais esportivos na internet, o Cabuloso teve o quarto uniforme mais vendido no ano. Na lista, apenas uma equipe estrangeira está presente.

A camisa 1 de 2023 do Cruzeiro foi um sucesso de vendas, ficando atrás somente dos uniformes principais de São Paulo, Flamengo e Real Madrid (Espanha). Em quatro lugar está o Cabuloso, a frente da camisa reserva do Corinthians.

Lançada em parceira com a Adidas, fornecedora de materiais esportivos do clube, o Cruzeiro fez grande sucesso com o modelo, apesar do desempenho dentro de campo não tenha acompanhado o número de vendas. O Atlético, que vive grande fase no segundo turno do Brasileirão, não demonstrou força da torcida e não está presente no ranking.

O Cruzeiro volta a campo neste domingo, 3, contra o Botafogo, no estádio Nilton Santos, pela 37° rodada do Brasileirão, às 18h30. Com 45 pontos, à Raposa está na 14° colocação e tem permanência praticamente confirmada na Série A de 2024.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Nesta quinta-feira (30 de novembro), o Cruzeiro empatou com o Athlético-PR, no Mineirão, por 1 a 1, para mais de 36 mil cruzeirenses, que empurraram a equipe rumo à vitória. Vitor Roque e Matheus Pereira marcaram os gols do confronto. Destaque técnico do Cabuloso em 2023, o atacante Bruno Rodrigues não viveu noite boa e desperdiçou penalidade aos 30 minutos do segundo tempo, quando jogo ainda estava 1 a 0 para o adversário.

Comentários estão fechados.