Craque do Cruzeiro, Giovanni pode pegar seis jogos de suspensão

Expulso na partida contra a Caldense, no dia 5 de fevereiro, o camisa 10 do Cruzeiro, Giovanni, pode ser suspenso por até seis jogos de suspensão. Desfalcando a equipe por todo o restante do Campeonato Mineiro 2022.

O meia do Cruzeiro está sob julgamento incluso no Artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código”.

Nos acréscimos da partida, Giovanni discutiu com um atleta adversário, e após receber o cartão vermelho, proferiu xingamentos ao árbitro da partida Felipe Fernandes de Lima.

“Vai tomar no seu c* também, você é fraco, não apita nada, seu c*”

Cruzeiro x Caldense

No dia 5 de fevereiro, o Cruzeiro conquistou mais 3 pontos no Campeonato Mineiro 2022, com vitória sobre a Caldense.

Na primeira etapa, a equipe do técnico Paulo Pezzolano apresentou dificuldades na criação e finalização das jogadas. Consequentemente, a Raposa teve um primeiro tempo monótono ofensivamente e viu a Caldense abrir o placar no Estádio Ronaldo Junqueira.

Após finalização de longe de João Diogo, que contou com o desvio, a Veterana saiu na frente aos 13 minutos.

Mesmo após o gol, a equipe celeste continuou com a má performance e por vezes passou perto de sofrer o segundo gol.

Já no segundo tempo, Paulo Pezzolano fez as mudanças necessárias no elenco, e mudou por completo o jogo. Principalmente com as entradas de Rafael Santos e Edu, o Cruzeiro conquistou o domínio da partida.

Aos 74 minutos, o primeiro gol da Raposa saiu dos pés de Giovanni, que cobrou falta rasteira e no canto, deixando o goleiro Renal Rinaldi paralisado com medo de um desvio.

Depois do empate, a equipe continuou pressionando, mesmo que com dificuldades de furar a linha de defesa da Caldense.

E só nos acréscimos, aos 97, a virada aconteceu, após sobra dentro da pequena área, o centroavante Edu, aproveitou uma das poucas oportunidades, e finalizou para o fundo das redes.

Anteriormente ao segundo gol, o meia Giovanni, responsável pelo empate, foi expulso, juntamente ao camisa 15 da Caldense, Paulo Vitor. Os dois atletas se envolveram em uma discussão e foram advertidos com o cartão vermelho.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.