Corinthians pode imitar o Cruzeiro para sair da enorme crise

O Cruzeiro ainda atravessa uma situação financeira complicada. No entanto, pode-se dizer que o time já esteve pior. Após o rebaixamento à Série B do Brasileirão, o clube entrou na maior crise da sua história.

Não à toa, a gestão de Ronaldo Fenômeno no Cruzeiro ficou marcada por um grande trabalho fora das quatro linhas, ainda que os resultados desportivos não tenham sido os mais notórios assim. 

Coritnhians pode imitar o Cruzeiro

O fato é que o Corinthians pode se inspirar no Cruzeiro para tentar sair da enorme crise financeira que se encontra. Para se ter apenas uma ideia, a dívida bruta do clube paulista está em R$ 1,96 bilhões. O débito líquido gira em torno de R$ 1,5 bilhão. 

O fato é que, assim como o Cruzeiro fez no ano passado, o Corinthians estuda a proposta de entrar em regime de Recuperação Judicial. A medida foi proposta pela consultoria EY, e a informação foi revelada pelo jornalista Jorge Nicola. 

Grosso modo, a Recuperação Judicial é uma medida extrema usada por empresas para evitar a falência. As SAFs de Cruzeiro e Botafogo já adotaram a estratégia. 

Na Recuperação Judicial, o clube entrega uma lista com todos seus credores à Justiça e, em seguida, um plano para quitar as dívidas. O projeto é apresentado aos credores que, em votação, decidem pela aprovação ou não dos termos. O plano só é aprovado com a maioria dos votos. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, não seria exagero dizer que a Recuperação Judicial foi a maior vitória da gestão de Ronaldo Fenômeno no Cruzeiro. Isso porque, além de trazer um alívio imediato às contas do clube, também oferece mais estabilidade para os próximos anos.

Comentários estão fechados.