Contrato assinado: Cruzeiro poderá enfrentar campeão europeu valendo taça

O Cruzeiro recebeu informação importante nas últimas semanas e via poder enfrenar campeão europeu em breve valendo taça. Com contrato fechado entre Conmebol e UEFA, os campeões da Sul-Americana e da Liga Europa se enfrentarão em novo torneio. Apelidado de “Desafio de Clubes”, o torneio teve início em 2024. O Cabuloso pode ser o segundo representante sul-americano em 2025.

O campeão da Copa Sul-Americana passará a enfrentar o campeão da Liga Europa, em uma competição chamada Desafio de Clubes. A primeira edição aconteceu em 2023 entre Independente Del Valle e Sevilla. O torneio lembra o antigo formato do Mundial de Clubes, mas agora envolvendo os campeões dos torneios continentais secundários.

De volta as competições internacionais em 2024, o Cruzeiro vai disputar a Copa Sul-Americana após terminar o Brasileirão do ano passado em 14° lugar. Ao todo, o Cabuloso terá quatro competições pela frente: Sula, Mineiro, Brasileirão e Copa do Brasil.

Atlético e Cruzeiro fecharam acordo surpreendente

Atlético-MG e Cruzeiro fecharam acordo no final de janeiro para que os clássicos das temporadas de 2024 e 2025 aconteçam com torcida única. O primeiro teste foi no dia 3 de fevereiro, na Arena MRV, pelo Campeonato Mineiro. Pelas redes sociais, o Cabuloso explicou.

“Cruzeiro e Atlético celebraram acordo para que haja torcida única nos clássicos das temporadas 2024 e 2025, válidos pelas competições organizadas pela Federação Mineira de Futebol e Confederação Brasileira de Futebol.”, disse no X, deixando claro que o acordo é válido para competições da FMF e da CBF.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“No caso de eventuais jogos por torneios da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), os clubes se comprometem a envidar esforços para que as partidas também ocorram sem torcida visitante. A medida temporária visa estabelecer um diálogo entre clubes e torcidas, no sentido de buscar soluções definitivas na realização de clássicos nos estádios de Minas Gerais.”, completou.

Comentários estão fechados.