Conmebol emite comunicado importante para todos os times da Sul-Americana

A Conmebol emitiu comunicado nesta segunda-feira (4) que deixou os torcedores cruzeirenses atentos. Entrando apenas na fase de grupos, o Cruzeiro vai poder acompanhar os possíveis adversários já nesta terça-feira (5), quando começa oficialmente a competição, com cinco jogos da primeira fase no dia, que vão se enfrentar em partida única, onde quem vencer entra na fase grupos. Em caso de empate, a decisão será por pênaltis.

O Cruzeiro está classificou para a Copa Sul-Americana após terminar o Brasileirão de 2023 na 14° colocação, com 47 pontos conquistados. O clube está de volta as competições internacionais após cinco temporadas, tendo participado na última vez em 2019, quando foi eliminado nas oitavas de final para o River Plate. Ao todos 32 clubes brigam por 16 vagas nesta semana, veja a seguir!

  • Universitario de Vinto-BOL x Nacional Potosí-BOL
  • Real Tomayapo-BOL x Jorge Wilstermann-BOL
  • Everton-CHI x Unión La Calera-CHI
  • Universidad Católica-CHI x Coquimbo Unido-CHI
  • Deportes Tolima-COL x Independiente Medellín-COL
  • Alianza Petrolera-COL x América de Cali-COL
  • Deportivo Cuenca-EQU x Delfín-EQU
  • Técnico Universitario-EQU x Universidad Católica-EQU
  • Guaraní-PAR x Sportivo Luqueño-PAR
  • Sportivo Ameliano-PAR x Olimpia-PAR
  • Deportivo Garcilaso-PER x ADT-PER
  • Universidad César Vallejo-PER x Sport Huancayo-PER
  • Montevideo Wanderers-URU x Danubio-URU
  • Racing-URU x Cerro Largo-URU
  • Carabobo-VEN x Metropolitanos-VEN
  • Rayo Zuliano-VEN x Deportivo La Guaira-VEN

A fase de grupos, no entanto, quando o Cruzeiro entra, começa apenas no dia 2 de abril e vai até 30 de maio. O sorteio dos grupos está marcado para o dia 18 de março, com oito grupos de 4 equipes. Além do Mineiro, que já está acontecendo, o Cabuloso vai disputar o Brasileirão, que começa em abril. Na Copa do Brasil, o time de Larcamón foi eliminado na primeira fase.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.