Confirmação veio e Cruzeiro deixou rival da Série A em estado de choque

O Cruzeiro venceu o Vitória por 3 a 1 no último domingo (28), no Mineirão, pela quarta rodada do Brasileirão e gerou crise em rival da Série A. Com gols de Matheus Pereira, Rafa Silva e Arthur Gomes, a Raposa chegou aos 7 pontos e forçou o clube baiano a agir rápido, que já está juntando os cacos para não deixar a situação piorar neste começo de competição.

Comandado por Léo Condé, o Vitória ainda não venceu no Brasileirão, só tem um ponto somado em 12 e está na 18° colocação. Pressionado, o treinador sabe da importância de vencer o mais rápido possível e já volta a campo na próxima quinta-feira (2 de maio), contra o Botafogo, pela terceira fase da Copa do Brasil, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Apesar de serem competições diferentes, o treinador está querendo dar um bom resultado aos torcedores para poder virar a maré ruim. “Claro que queríamos algo melhor. Porém, temos que olhar para frente. Uma outra competição, não menos importante. Pegamos um adversário duro, mas sabemos da força do nosso trabalho, da nossa equipe. Já reagimos bem em vários momentos de adversidade”, disse Léo Condé.

Ainda na entrevista, Léo Condé não descartou mudanças no time para dar uma sacudida no ambiente. “A partir do momento que a equipe não encaixa o melhor jogo, você tem que buscar alternativas. Temos uma equipe extremamente vencedora. Já provou isso em diversos momentos, com o título da Série B do ano passado e do Estadual deste ano. A partir do momento que você fica três jogos sem desempenhar o que tem de melhor, tem que buscar alternativas, tanto no aspecto tático quanto na troca de peças”, explicou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Sem querer saber de problemas, o Cruzeiro terá semana livre de treinamentos e só volta a campo no sábado (4), contra o Internacional, às 21 horas, no Mineirão.

Comentários estão fechados.