Comentarista critica a forma que o Cruzeiro tratou Wesley

O atacante Wesley foi comprado pelo Cruzeiro no começo de 2023 por R$ 16 milhões para ser um dos líderes do clube na reconstrução após voltar à Série A, mas não deu conta do recado e acabou sendo vendido ao Internacional. Fora dos planos de Larcamón, o jogador estava marcado pela torcida e foi negociado. Em declaração recente, comentarista afirmou ter sido um erro da Raposa vender o jogador.

Agora jogador do Internacional, Wesley teve os seus primeiros minutos pelo Colorado neste domingo (25), na vitória por 3 a 2 contra o Grêmio, no Beira-Rio, pelo Campeonato Gaúcho. Para Alexandre Lozetti, comentarista do grupo Globo, o Cruzeiro foi pressão demais para o atacante, que também não conseguiu enxergar as melhores características dentro de campo.

“No Cruzeiro, o Wesley teve muita pressão por ter sido a contratação mais cara da SAF e, de fato, ele não correspondeu”, iniciou o comentarista. Marcados pelos gols claros perdidos, Wesley disputou 42 partidas pelo Cabuloso, com apenas quatro gols marcados e duas assistências.

Ainda na declaração, Lozetti afirmou que Wesley precisa jogar com as características ideais dentro de campo, que não aconteceu no Cruzeiro. “O Cruzeiro não conseguiu enxergar no Wesley a (melhor) característica que ele tem, que é um jogador que precisa de espaço, não é jogador de espaço curto, então tem que ter isso em conta quando o Wesley entra em campo, mas, claro, ele pode evoluir”, disse o comentarista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Para vende-lo ao Inter, o Cruzeiro repassou as dívidas que ainda estão em aberto da negociação com o Palmeiras, que estavam por volta dos R$ 10 milhões.

Comentários estão fechados.