Com três Lucas no elenco, Cruzeiro preferiu escantear o que custa R$ 4 milhões

O Cruzeiro reforçou o elenco para a temporada de 2024, no entanto, algumas contratações seguem sem espaço no time mineiro. Na última partida, por exemplo, o atacante argentino Álvaro Barreal, que vinha sendo pouco acionado, entrou no intervalo do jogo contra o Vitória e participou ativamente de dois dos três gols celestes naquele jogo. 

Por outro lado, como mencionado, alguns reforços seguem sem espaço no Cruzeiro. O caso mais notório é o do zagueiro argentino Lucas Villalba, que chegou ao time em fevereiro com grande expectativa e até hoje não conseguiu a sua grande chance na Raposa

Apesar de ter sido um dos destaques do último Campeonato Argentino, Lucas Villalba entrou em campo para defender as cores da camisa celeste em apenas seis partidas em 2024. A última atuação do atleta foi sob o comando de Nicolás Larcamón, no empate por 0 a 0 com a Universidad Católica, em 4 de abril, no Equador. Desde então, Fernando Seabra tem mesclado entre Zé Ivaldo, João Marcelo e Neris. 

Eram 5 Lucas, agora são apenas 3 e um foi escanteado

Nota-se que Lucas Villalba foi escanteado no Cruzeiro. Ele está no clube através de um empréstimo até o final do ano, com passe de R$ 4 milhões. Além dele, outros dois ‘Lucas’ já foram embora: a saber, Ian Luccas e Lucas Oliveira. Este último foi emprestado pelo clube ao Real Valladolid, time de Ronaldo Fenômeno na Espanha. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Os outros dois Lucas contam com status de titular do Cruzeiro: Silva e Romero. Aliás, não custa dizer que eles revezam a braçadeira de capitão da Raposa nos jogos. 

Ainda em tempo, vale lembrar que o Cruzeiro voltará a campo no próximo sábado (4), às 21h, para encarar o Internacional, no Mineirão, em jogo da quinta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. 

O Cruzeiro optou por jogar a estreia da Copa Sul-Americana com time misto, já que faria o duelo de volta da final do Campeonato Mineiro, contra o Atlético, três dias depois. Por isso, Villalba permaneceu em campo durante os 90 minutos.

Villalba atuou em seis jogos seguidos entre 25 de fevereiro e 4 de abril. Seabra tem feito revezamento de duplas na zaga. João Marcelo, Zé Ivaldo e Neris contam com a preferência do técnico e sempre se alternam no setor.

Comentários estão fechados.