Clube ainda não pagou dívida a D’Alessandro

D’Alessandro chegou ao Cruzeiro durante a temporada do ano passado para assumir uma função na diretoria celeste. O ex-meia atuou como coordenador de futebol do clube durante quase um ano, mas, ao final do Brasileirão, deixou a equipe.

Na época, ele se filiou à chapa de Roberto Melo nas eleições presidenciais do Internacional. O seu candidato não venceu e, com isso, não foi dessa vez que D’Alessandro iniciou a sua jornada nos bastidores do Colorado, onde é ídolo.

Dívida de D’Alessandro está em aberto

O fato é que, de acordo com o presidente do Internacional, Alessandro Barcellos, o clube segue com uma dívida em aberto com o ex-meia D’Alessandro, que chegou a cobrar o time publicamente antes do jogo no Beira-Rio contra o Cruzeiro, em 2023. 

Alessandro Barcellos então decidiu atualizar o caso. Em recente entrevista, o presidente do Internacional relembrou que a dívida com D’Alessandro teve início em 2013 e que só começou a ser paga na sua própria gestão, de 2021 a 2023.

“Essa é uma dívida de 2013 que não foi paga. Quem começou a pagar foi a gestão anterior, que eu já era o presidente. Pagou boa parte e teve dificuldades de fluxo de caixa, atrasou pagamentos, voltou a pagar e tem pagamentos em atraso. Está muito próximo de terminar isso. A gente vai trabalhar para a hora que a gente consiga uma folga de caixa”, contou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No Cruzeiro, pode-se dizer que D’Alessandro teve uma passagem positiva. Atuou ao lado de membros da diretoria celeste e foi importante na reta final do Brasileirão, quando o clube lutou com unhas e dentes contra o rebaixamento. 

Não custa lembrar que a Raposa fará a sua estreia na temporada nesta quarta-feira (24), às 19h, fora de casa, contra o Villa Nova, em jogo de abertura do Campeonato Mineiro.

Comentários estão fechados.