Chefão do Cruzeiro não quis saber e deu puxão de orelha em jogador

Dono de 90% das ações da SAF do Cruzeiro, Pedro Lourenço mostrou-se profundamente insatisfeito e de certa forma irritado com as expulsões recentes de Marlon, titular na lateral-esquerda da Raposa. Vale destacar, de antemão, que o jogador tem sido peça fundamental no time desde a temporada de 2023 e, a favor do fato, um dos grandes destaques celestes. 

No entanto, em um intervalo de menos de um mês, Marlon foi expulso em duas ocasiões. Não custa dizer que a Raposa foi derrotada em ambos os jogos que atuou com um homem a menos. O fato é que, nesta sexta-feira (28), em entrevista à Itatiaia, Pedro Lourenço foi enfático ao afirmar que não aceitará esse tipo de imprudência dos atletas.

“O que eu peço a eles é isto. Eu não quero ver jogador machucando o adversário. Não quero ver jogador sendo expulso e prejudicando os colegas dele de trabalho. Lógico que existem necessidades. Não ser expulso no meio-campo sem necessidade. Isso eu não vou permitir no Cruzeiro”, afirmou.

Cruzeiro terá volta de Marlon contra o Flamengo?

Como mencionado, o camisa 3 do Cruzeiro recebeu cartão vermelho nas derrotas para o São Paulo, na 7ª rodada, e para o Bahia, pela 11ª rodada do Brasileirão. O próprio jogador destacou que esperava que o clube o desse alguma punição para além do jogo de suspensão. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro não informou publicamente se tomou alguma medida. Marlon ficou de fora da partida contra o Athletico, na rodada passada, e, portanto, estaria apto a entrar em campo para encarar o Flamengo, no próximo domingo (30), às 18h30, no Maracanã.

Ao todo, Marlon entrou em campo para defender as cores da camisa celeste em 67 jogos, marcou quatro gols e anotou cinco assistências.

Comentários estão fechados.