Cazé sai em defesa do Cruzeiro e faz pedido direto à CBF

O streamer Casimiro, dono da CazéTV, não poupou nas palavras e saiu em defesa do Cruzeiro na noite desta quarta-feira (21), que foi eliminado da Copa do Brasil na primeira fase após perder por 2 a 0 para o Sousa-PB. Com muita chuva durante o jogo, o gramado ficou pesado e a qualidade do confronto comprometida.

Durante transmissão, Cazé analisou o gramado do estádio Antonio Mariz e disse que os problemas estão também pela não profissionalização do futebol no Brasil. Com partida também marcada para ontem, Cuiabá pediu adiamento do confronto e conseguiu após não existir condições de ser realizada.

“Isso é muito complicado mesmo. Eu vi uma galera falando isso, eu acho justa a crítica. Mas se a CBF começar a não aceitar jogos nesse gramado, acabou a Copa do Brasil, né? Não vai ter mais jogo, porque todos os jogos são assim. É um bagulho bizarro. E tem gramado que é bem pior que esse [do Marizão]”, iniciou Cazé, em análise.

Ainda no comentário, Casimiro fez comparação com o futebol europeu, onde os grandes clubes enfrentam os pequenos pelas Copas e os gramados são de alta qualidade. “Aí você tem que ir para outra esfera, da profissionalização do futebol. Gramado padronizado. Quando o Manchester United vai jogar na Copa da Inglaterra contra o time da oitava divisão, o bagulho é um tapete”, completou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Podendo empatar para garantir a classificação, o Cruzeiro tomou dois gols de Danillo Bala na reta final da partida e foi eliminado. A última vez que uma eliminação na primeira fase tinha acontecido foi em 1997, para o Santa Cruz.

Comentários estão fechados.