Casagrande mostra irritação ao comentar situação que envolve o Cruzeiro

O ex-jogador Casagrande, que trabalha atualmente como comentarista esportiva, quebrou o silêncio nos últimos dias com irritação para comentar situação que está envolvendo o Cruzeiro. Torcedor declarado do Corinthians, Casão criticou a saída do goleiro Cássio, que está acertado com a Raposa e tenta liberação junta da diretoria do clube paulista.

Para Casagrande, as críticas ao goleiro Cássio são injustas, principalmente de alguns torcedores do Corinthians que chamaram o goleiro de traidor. “Ninguém saiu bem do Corinthians nos últimos anos. Como que podem falar uma coisa dessas de um jogador que está lá há 12 anos, defendeu o time nas horas maravilhosas e ruins. Quem dá entrevista é ele, ninguém dá a cara para bater”, disse Casagrande.

Cássio está de reserva no Corinthians após perder a titularidade para Carlos Miguel, que vive fase melhor e recebeu o voto de confiança do técnico Antônio Oliveira. “Chamar o cara de traidor é querer colocar mais fogo na lenha”, completou Casagrande, que entende que Cássio é um dos maiores nomes da história do clube.

Aos 36 anos, Cássio recebeu proposta do Cruzeiro para ter três anos de contrato. O jogador tenta liberação com o Corinthians para poder assinar o novo vínculo, mas a diretoria do Timão está colocando dificuldades. O goleiro tem valores a receber do clube paulista e acordo entre as partes pode rolar nos próximos dias.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Na vitória do Corinthians por 4 a 0 contra o Argentino Juniors, na terça-feira (14), o goleiro viu do banco de reservas o seu nome ser cantado pelos torcedores.

Comentários estão fechados.