Campeões da Copinha pelo Cruzeiro tiveram destinos bem diferentes na carreira

O Cruzeiro enfrenta o Corinthians nesta quinta-feira (25), na NeoQuímica Arena, às 15h30, pela grande decisão da Copa São Paulo de Futebol Junior, em busca do segundo título da história do clube na competição. Vencedor em 2007 batendo o São Paulo na final, os torcedores cruzeirenses estão curiosos para saber por onde andam os jogadores campeões naquela edição do torneio de base.

Na época comandado por Enderson Moreira, o grupo de jogadores do Cruzeiro naquela época está na faixa dos 35 anos em 2024. O principal nome atual é o do goleiro Rafael, que foi reserva de Fábio por anos, jogou no Galo e atualmente está no São Paulo, sendo peça importante no time título da Copa do Brasil em 2023.

O zagueiro Maicon, atualmente no Vasco, também estava presente na conquista. Após ter carreira na Europa, o jogador passou por São Paulo, Galatasaray e Al Nassr antes de voltar ao Cruzeiro em 2022. Em 2023 o zagueiro jogou poucos jogos pelo Santos e depois se transferiu ao Vasco da Gama. Veja a seguir por onde andam os jogadores do elenco da Copinha em 2007.

O time titular era: Rafael; Aldo, Maicon, Wellington Reis e Anderson; Paulinho Dias, Carlos Magno e Carlos; Vinícius Lopes, Guilherme e Jonathas.

Veja atual situação de demais titulares e outros destaques

  • Wellington: zagueiro, de 35 anos, está no Paranoá-DF;
  • Simões: zagueiro, de 35 anos, aposentado desde 2021;
  • Aldo: lateral-direito/volante, de 35 anos, está no Brasiliense;
  • Anderson: lateral-esquerdo deixou a carreira em 2018. Está com 35 anos;
  • Marcos Martins: o lateral-direito, de 34 anos, defende o Santa Cruz-RS;
  • Carlos Magno: está aposentado desde 2014. Passou por Cabofriense e Tupi;
  • Carlos Carioca: volante, de 35 anos, está aposentado;
  • Luiz Fernando: no Bahrein desde 2019, defende o Al Khalidiya. Está com 35 anos;
  • Marcinho: atualmente com 35 anos, atacante aposentou em 2018, no Serranense-MG;
  • Vinícius Lopes: atacante está com 35 anos e fez toda a carreira no exterior. Atualmente, defende o Masafi, dos Emirados Árabe;

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.