Brecha na lei: Cruzeiro age depressa e terá torcida em jogo decisivo

É apenas uma questão de tempo até que o Cruzeiro seja condenado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O clube foi denunciado formalmente na última terça-feira (13) e pode perder até 20 mandos de campo. O Coritiba vive a mesma situação.

O julgamento em primeira instância ainda não tem data marcada, porém, a liminar para que Cruzeiro e Coritiba joguem de portões fechados será analisada em breve por José Perdiz de Jesus, presidente do STJD. 

Em caso de perda de mando, o Regulamento Geral de Competições da CBF prevê que o time deverá jogar em um estádio que esteja, no mínimo, a 100 quilômetros distante da sede do clube; no caso do Cruzeiro, Belo Horizonte. 

Cruzeiro age mais rápido e inicia venda de ingressos para decisão

O fato é que o Cruzeiro ainda tem mais seis jogos a cumprir no Brasileirão, e três deles na condição de mandante (Vasco, Athletico e Palmeiras). Já as partidas como visitante serão contra Fortaleza, Goiás e Botafogo.

O duelo entre Cruzeiro e Vasco pode ser considerado uma decisão. As equipes vão medir forças na próxima quarta-feira (22), às 19h, no Mineirão (até o momento).

Antes disso, no entanto, a equipe estrelada entrará em campo no domingo (19) para decidir o título do Campeonato Mineiro Feminino com o Atlético-MG. O clássico acontecerá às 15h50, na Arena Independência. Os ingressos estão sendo vendidos desde a quarta (15).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Para Nação Azul, os ingressos são comercializados através da internet – aplicativo Nação Azul e sites Sócio 5 Estrelas e Ingresso.Cruzeiro. Por ter tido a melhor campanha na fase inicial do torneio, o time celeste é o mandante da final, que será em jogo único e contará com a prensença de torcedores nas arquibancadas.

Comentários estão fechados.