BOMBA: Bastidores da saída de Fábio foram revelados só agora

Ídolo máximo do Cruzeiro, o goleiro Fábio deixou o clube no começo de 2022 após disputar 976 partidas com a camisa Celeste, foi para o Fluminense, onde está até agora e teve bastidores da saída revelados nos últimos dias. Com rica história no Cabuloso, o jogador de 43 anos ainda em grande fase e foi campeão da Libertadores no ano passado.

Os bastidores foram revelados após entrevista do ex-diretor de comunicação celeste, Vinícius Lordello, que trabalhou no clube de novembro de 2021 a outubro de 2022. Em resposta, o executivo contou que a crise financeira gravíssima que vivia o clube acelerou a saída do ídolo.

“Uma crise desse tamanho, você tem que ter certeza da sua decisão. O Cruzeiro tinha certeza da sua decisão. A decisão do Cruzeiro não era não ter mais o Fábio. Era ter o Fábio em um prazo diferente do que era previsto originalmente, ponto um”, contou Vinícius Lordello.

Ainda na resposta, Lordello contou que após a saída de Fábio, Ronaldo viveu a sua primeira crise no clube. R9 está a frente da gestão da SAF desde o final de 2021, meses antes da saída do experiente goleiro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Existia uma certeza, para lidar com a crise, nesse caso, você precisa estar certo de sua decisão. O Cruzeiro estava certo. Talvez, por ser o início do processo da SAF, não tinha nenhum histórico de interação com o empresário. Olhando para trás, faltou uma conversa melhor com quem representava o Fábio. Mais do que o Fábio, em si. Eu estava lá no dia, o Fábio falou que o Paulo André não estava. O Paulo André não estava nem lá, não é que ele não quis entrar na sala”, acrescentou.

Comentários estão fechados.