Rafael Guanaes. Foto. Divulgação/Reprodução.

Auxiliar recebe oferta e deixa o Cruzeiro para ser técnico de clube da Série B

O Cruzeiro teve uma importante baixa em sua comissão técnica. O auxiliar Rafael Guanaes, que chegou à Raposa em março deste ano, após ser demitido do Tombense, aceitou a proposta do Novorizontino e será o comandante da equipe na Série B do Brasileiro. Ele se despediu do clube mineiro nesta terça-feira (21). 

Após uma campanha ruim com o Tombense pelo Campeonato Mineiro, Guanaes saiu do clube e passou a integrar a comissão técnica do Cruzeiro. Ele trabalhava diariamente com os membros da comitiva de Paulo Pezzolano. 

O caminho de Guanaes mais uma vez ligado ao Tombense

No último sábado, o Novorizontino, jogando dentro de casa, perdeu para o Tombense por 3 a 1. A derrota custou a vaga de Alan Aal, que comandava a equipe do interior de São Paulo. O clube está na 15ª colocação da Série B, com 14 pontos, e sem vencer há seis rodadas. 

Alan Aal ficou pouco mais de quatro meses no Novorizontino. Em 20 jogos, foram apenas três vitórias, sete empates e dez derrotas. O que lhe rendeu um aproveitamento de singelos 26,7% e uma demissão. 

Antes do Tigre anunciar a contratação do ex-auxiliar permanente do Cruzeiro Rafael Guanaes, o clube teria recebido negativas de dois técnicos: Pintado e Mazola Júnior, à frente do Ituano. 

Já Rafael Guanaes, antes de chegar ao Cruzeiro, comandou o Tombense na campanha do acesso à Série B do Brasileiro. Além disso, pelo Sampaio Corrêa, ele também já foi campeão maranhense. 

Graduado em Educação Física pela Campbell University, dos Estados Unidos, Guanaes possui as licenças A e B do curso de treinadores da CBF.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.