Atlético se dá mal, fica com 1 ponto no Brasileirão e anuncia arrecadação coletiva para salvar o time

A temporada de 2024 começou de uma forma contraditório para o Atlético-MG. Se, por um lado, o clube alvinegro venceu o Campeonato Mineiro e ainda não perdeu um jogo sequer sob o comando de Milito, por outro, o time feminino do Galo sofre mais do que o esperado. 

Para se ter apenas uma ideia, em sete jogos disputados até aqui na Série A do Brasileirão Feminino, o Atlético-MG perdeu seis jogos e empatou um. Ou seja, conquistou um ponto dos 21 disputados. Como se não bastasse, na noite desta terça-feira (29), o alvinegro vai enfrentar o Corinthians, atual líder do torneio e, em favor da verdade, o melhor time do Brasil há tempos.

Atlético anuncia medida drásticas para salvar o time no Brasileirão

Diante deste cenário de preocupação, o Atlético anunciou um novo plano do Galo na Veia. A modalidade é totalmente focada no futebol feminino e, de acordo com o clube, 100% da receita gerada será destinada à categoria.

O valor do plano varia para quem já é associado ao programa do Atlético e para quem não é. No primeiro caso, a adesão ao programa da mobilidade do feminino sairá por R$ 10,00. O valor passa para R$ 15,00 para novos associados. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Os membros da categoria terão acesso gratuito aos jogos das Vingadoras sempre que ingressos estiverem à venda. Além disso, os associados terão descontos nas lojas do clube e participarão de sorteios organizados pela equipe. 

No  Campeonato Brasileiro feminino, o Atlético está na última posição, tendo acumulado apenas um ponto em sete jogos disputados. Nesta quarta-feira, as Vingadoras enfrentarão o Corinthians no Sesc Venda Nova, com o jogo marcado para às 18h30 (horário de Brasília).

Comentários estão fechados.