Atlético-MG perde técnico antes da estreia na Libertadores

O Atlético-MG está na Venezuela para enfrentar o Caracas nesta quinta-feira (4), às 19 horas, pela estreia da Copa Libertadores de 2024, mas perdeu técnico antes do jogo inicial e vai precisar dar um jeito de desempenhar em campo do mesmo jeito. Contratado há duas semanas, Gabriel Milito foi o escolhido para o lugar de Felipão, que caiu após seguidos jogos com ruins da equipe.

Antes do Galo, o último trabalho de Milito foi no Argentino Juniors. Por causa do antigo clube, o treinador não vai poder ficar na beira do campo, já que ainda cumpre suspensão antiga. Pela Libertadores de 2023, em partida contra o Fluminense no Rio de Janeiro, o treinador foi expulso e não pagou a punição, já que a equipe foi eliminada e não disputou mais partidas da competição.

Durante confusão aos 40 minutos do segundo tempo entre comissões, Milito foi expulso e precisou ser contido com intervenção policial. Para a partida de hoje, Leandro Ávila vai comandar o Galo na beira do campo. Sem querer saber da decisão estadual no domingo (7), Milito deve ir a campo com o time titular em Caracas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Provável escalação do Galo para a estreia na Copa Libertadores: Everson; Fuchs, Jemerson e Lemos; Alisson (Saravia), Battaglia, Igor Gomes, Zaracho e Arana; Paulinho e Hulk. O Cruzeiro também estreia hoje, mas às 21 horas, pela Copa Sul-Americana, contra a Universidad Católica, no Equador. Larcamón também viajou com força máxima, ficando de fora apenas Arthur Gomes e Juan Dinenno, ausências por problema muscular.

Comentários estão fechados.