Até se rolar na Sul-Americana Cruzeiro x Galo será sem torcida

Cruzeiro e Atlético-MG emitiram um comunicado conjunto nesta segunda-feira (29), onde todos os clássicos das temporadas de 2024 e 2025 vão acontecer com torcida única. Em decisão polêmica e contestada por torcedores, as diretorias acertaram que o principal jogo do futebol mineiro pode acabar acontecendo sem torcida.

Disputando a Copa Sul-Americana, o Cruzeiro pode se enfrentar com o Galo, mas vai precisar que o maior rival seja eliminado da Libertadores ficando em terceiro no grupo. Ainda no comunicado, os clubes explicaram que não vão medir esforços para que o acordo seja válido até para as competições da Conmebol.

Pelas redes sociais, o Cruzeiro divulgou o acordo da torcida única, que foi negociado pelo CEO da SAF, Gabriel Lima, com o presidente do Atlético, Sérgio Coelho. “Cruzeiro e Atlético celebraram acordo para que haja torcida única nos clássicos das temporadas 2024 e 2025, válidos pelas competições organizadas pela Federação Mineira de Futebol e Confederação Brasileira de Futebol”, disse o comunicado.

“No caso de eventuais jogos por torneios da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), os clubes se comprometem a envidar esforços para que as partidas também ocorram sem torcida visitante. A medida temporária visa estabelecer um diálogo entre clubes e torcidas, no sentido de buscar soluções definitivas na realização de clássicos nos estádios de Minas Gerais”, complementou, explicando que em competições internacionais o regulamento é diferente.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A primeira realização acontece neste sábado (3), pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, na Arena MRV, às 19h30. Vindo de empate contra o Athletic por 1 a 1, o Cabuloso quer carimbar a segunda vitória seguida na casa do maior rival.

Comentários estão fechados.