Até quando os clássicos entre Cruzeiro x Atlético seguirão com torcida única?

Atlético-MG e Cruzeiro se enfrentam neste sábado (3), na Arena MRV, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro, às 19h30, com presença apenas de torcedores atleticano. Em acordo com as duas diretorias, os clube decidiram que os clássicos realizados em competições da CBF e FMF vão acontecer com torcida única da equipe mandante.

O acordo foi divulgado pelos dois clubes nas redes sociais nesta semana, onde explicaram como vai funcionar os próximos clássicos. “Cruzeiro e Atlético celebraram acordo para que haja torcida única nos clássicos das temporadas 2024 e 2025, válidos pelas competições organizadas pela Federação Mineira de Futebol e Confederação Brasileira de Futebol”, escreveu o Cruzeiro no X.

Válido até o final de 2025, o acordo terá que ser descumprido se os dois clubes se enfrentarem pela Copa Libertadores ou Sul-Americana. A iniciativa partiu das duas diretorias, sem pedidos da Polícia Militar ou do Ministério Público.

“No caso de eventuais jogos por torneios da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), os clubes se comprometem a envidar esforços para que as partidas também ocorram sem torcida visitante. A medida temporária visa estabelecer um diálogo entre clubes e torcidas, no sentido de buscar soluções definitivas na realização de clássicos nos estádios de Minas Gerais.”, completou na explicação.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Em entrevista ao portal ge, o CEO da SAF, Gabriel Lima, explicou que o acordo válido por dois anos vai valer para que os clubes possam estudar o cenário dos clássicos no período vigente.

“Ele justamente está valido por dois anos, de forma temporária, para conseguirmos discutir de forma mais profunda sobre as implicações que aconteceram nos últimos clássicos. É lamentável fazer um acordo como esse. Mas a gente entendeu como necessário para dar uma profundidade e tentar resolver essas questões de uma vez por todas quando a gente retome o clássico com as duas torcidas”, disse o CEO.

Comentários estão fechados.