Após 9 meses do nascimento da criança, ídolo do Atlético-MG fará teste de DNA

Aposentado dos gramados, o ex-atacante Jô, ídolo do Atlético-MG, tem uma vida extracampo conturbada e sempre aparece na mídia mineira com novidades que nunca deixam amantes de futebol no tédio. O jogador acumulou nos últimos anos episódios controversos, que culminaram na aposentadoria no começo de 2023.

Nove meses depois do nascimento da criança, Jô finalmente vai fazer teste de DNA para comprovar paternidade. Em caso extraconjugal, o atacante está com data marcada para realizar exame que vai provar ou não que é pai de filho de Maiára Quiderolly, modelo de 25 anos, que garante ter sido amante do jogador.

A modelo cobra do atacante o pagamento de pensão para a criança, que foi acertado em acordo, mas não foi cumprido. Advogados da moça cobram os pagamentos de agosto e setembro, que estão em aberto e precisam ser quitados até dia 5 de outubro.

Os problemas entre os dois são antigos, quando a modelo acusou o jogador em março de não querer fazer o exame. Posteriormente Jô negou e colocou a culpa em Maiára. Todo o caso acontece enquanto o jogador ainda é casado com a mulher que tem filhos.

Aos 36 anos, Jô saiu do Corinthians no meio de 2022 para assinar com o Ceará, onde teve curta e conturbada passagem. Em 2023 assinou com o Al-Jabalain, pedindo rescisão contratual depois de disputar um jogo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro, que não tem nada a ver com a história, segue rotina de preparação para enfrentar o América-MG no próximo domingo (1), pela 25° rodada do Brasileirão, às 16 horas, no Mineirão. Com 29 pontos, o time comandado por Zé Ricardo é 12° na tabela de classificação.

Comentários estão fechados.