Apesar do empate, Ronaldo Fenômeno comemora gol de Vitor Roque e fase de Edu no Cruzeiro

O Cruzeiro recebeu neste domingo (20) o Villa Nova na Arena Independência, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. Com inovações na escalação, e dificuldades ao longo da partida, a Raposa e o time do Nova Lima ficaram no empate por 2×2.

Apesar da conquista de apenas um ponto, o novo gestor do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno comemorou o primeiro gol de Vitor Roque como profissional, e ressaltou a boa fase do atacante Edu.

“Feliz pelo primeiro gol do nosso cria Vitor Roque e por ver mais um do nosso artilheiro Edu. Vamos por muito mais!”, postou o ex-jogador em suas redes sociais.

Vitor, que marcou o primeiro gol do time celeste no jogo, chegou a agradecer Ronaldo em entrevista no intervalo da partida.

“Só agradecer mesmo (ao Ronaldo), é um prazer estar no time dele. E sempre que vestir essa tem que dar a vida e mostrar que é o Cruzeiro de verdade”

Cruzeiro x Villa Nova

O Villa Nova foi quem abriu o placar, mas com um gol contra, aos 16 minutos, após cruzamento na área celeste, o jovem Geovane tentou cortar a bola, mas acabou mandando contra a própria meta.

O empate foi rápido para o Cruzeiro, aos 17, Vitor Roque aproveitou rebote de Glaycon, e só teve que empurrar a bola para o fundo das redes. Foi o primeiro gol de Vitor no profissional do clube.

Contudo, aos 33, o Villa voltou a obter a vantagem da partida, depois de sobra do escanteio cobrado, Wesley fez um leve desvio, suficiente para marcar o 2 gol do time visitante. Não muito diferente das últimas ocasiões, o gol decisivo da partida foi de Edu, atacante da Raposa.

14 minutos depois de entrar no lugar de Waguininho, o artilheiro do clube na temporada finalizou forte, sem chances de defesa, e definiu o resultado do duelo.

Este foi o primeiro empate do Cruzeiro na temporada de 2022, o clube agora soma 19 pontos na liderança do estadual, um a mais que seu rival Atlético-MG, que possui 1 jogo a meno. Ao todo, em oito jogos, são 6 vitórias, um empate e uma única derrota para o América, que foi marcada pela arbitragem polêmica. Na ocasião, o atacante Edu teve um gol mal anulado, que mudou o rumo do clássico.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.