Amigo de Ronaldo Fenômeno compra campeão da Copa do Brasil e crava 3 gigantes se tornando SAF

Amigo pessoal de Ronaldo Fenômeno e o grande nome por trás da venda do Cruzeiro ao ex-atacante da Seleção Brasileira, Pedro Mesquita acaba de se tornar dono do Paulista de Jundiaí, campeão da Copa do Brasil de 2005. A EXA Capital, fundo de investimentos criado pelo empresário, concluirá as tratativas nos próximos meses e se tornará dona de 90% das ações da SAF do clube paulista. 

Em resumo, está em curso um processo de diligência para efetivar a compra do clube. O prazo é de 120 dias e, ao final do período, caso a proposta seja positiva, o Conselho de Administração do Clube votará pela aprovação ou não da venda. 

“A gente já contratou advogados especialistas para diagnosticar a situação. Se essa situação for a que a gente acredita, pelas análises iniciais, a gente vai seguir com a compra e com o projeto”, diz Mesquita em entrevista ao Estadão.

Amigo de Ronaldo, Pedro Mesquita projeta venda de 3 gigantes do Brasil

Quando ainda estava à frente da XP Investimentos, Pedro Mesquita exerceu um papel crucial para a venda da SAF do Cruzeiro a Ronaldo, seu amigo pessoal. O empresário também fez parte da chegada de John Textor ao Botafogo

Por fim, Pedro Mesquita fez questão de elogiar os trabalhos feitos no Athletico e no Fortaleza. Tanto que, com exceção de Palmeiras e Flamengo, o empresário acredita que os outros principais clubes do Brasil se tornarão SAF do futuro. 

“Acho que é questão de tempo São Paulo, Inter, Grêmio e Fluminense virarem SAF. Não consigo enxergar esses clubes competindo em alto nível nos próximos cinco anos sem injeção de capital. Ou eles encontram algum midas ou se tornam SAF. Não tem um modelo que sustente uma dívida alto em longo prazo”, analisou. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, não custa lembrar que, dos clubes citados por Mesquita, Fluminense, Grêmio e Inter estão em crise na temporada. Os dois primeiros amargam a zona de rebaixamento da Série A, enquanto o Colorado anunciou, na última quarta-feira (10), a demissão de Eduardo Coudet.

Comentários estão fechados.