Adeus, Mineirão? Cruzeiro deve jogar em estádio fora de BH em 2024

O Cruzeiro pode estar dando adeus ao Mineirão, sua casa desde 1967, para jogar em estádio fora de Belo Horizonte. Buscando mais fontes de receitas para equalizar as finanças do clube, o Cabuloso tem acordo para mandar jogos no Pacaembu a partir de 2024, quando as obras do novo estádio forem concluídas.

De acordo com informações do portal ge, a ideia da Allegra, concessionaria que está trabalhando no estádio, a ideia é que o Cruzeiro tenha pelo menos dois jogos no local ainda em 2024. O acordo foi confirmado por Eduardo Barella, CEO da Allegra, que deu detalhes da operação.

“O aluguel é zero e todo o custo de operação, segurança, limpeza, brigadista e por aí vai, ele é um custo aberto que tem que ser aprovado por ambos. Todo o dinheiro que entra de bilheteria, hospitalidade, alimentos e bebidas, estacionamento, etc., o primeiro dinheiro que entra paga o custo, depois divide”, afirmou o CEO.

Ainda na declaração, Eduardo Barella rasgou elogios ao trabalho realizado na SAF do Cruzeiro. “O caso do Cruzeiro é emblemático. É uma gestão com uma cabeça muito legal, muito positiva, de construção. Por exemplo, eu tenho meus filhos e meus filhos torcem para o meu time. Seguramente eles não vão ser cruzeirenses.”, acrescentou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Precisando de mais receitas, o Cruzeiro pode apostar em partidas fora de BH com o objetivo de atingir os torcedores que estão fora de Minas. Buscando expandir a marca do clube, novos torcedores são mirados pelo Cabuloso.

“Cruzeiro vem jogar em São Paulo, você imagina que tem um monte de mineiros aqui. Eu gosto de futebol, levo meu filho, meu filho fala, “pô, pai, a experiência no jogo do Cruzeiro é muito legal”. Ele começa a ter simpatia pela marca, ele começa a ter simpatia pelo time.”, finalizou.

Comentários estão fechados.