5 curiosidades sobre a contratação mais cara já feita por um time brasileiro

O futebol brasileiro está passando por momento de grande bonança, onde os clubes estão investindo pesado em contratações e batendo recordes sucessivos nas maiores contratações da história. A duas últimas foram realizadas pelo Botafogo, que trouxe Luís Henrique e Thiago Almada por valores astronômicos. O último veio do Atlanta United, do Estados Unidos, e é uma promessa do futebol argentino.

Para ter Almada o Botafogo investiu 22 milhões de dólares (cerca de R$ 123 milhões), podendo chegar a R$ 137 milhões com metas fixadas em contrato. Revelado pelo Vélez Sarsfield, Almada tem 23 anos e está no Atlanta United desde 2022. O jovem jogador fez parte do elenco campeão da Copa do Mundo em 2022 pela Argentina.

Considerado precoce, Almada ganhou destaque nas categorias de base do Vélez Sarsfield, sendo tratado desde pequeno como uma joia. Aos 17 anos se tornou titular da equipe e com muita personalidade se tornou batedor de pênaltis oficial.

Em 2021, aos 20 anos, já usava a camisa 10, famosa na Argentina com Maradona, Riquelme e Messi, e era o principal jogador do Velez na disputa da Conmebol Libertadores. No clube foram 99 jogos, 23 gols e nove assistências pelo clube que o revelou, até ser negociado com o Atlanta United.

Negociado nos últimos dias para o Botafogo por até R$ 137 milhões, se tornando a contratação mais cara da história do futebol brasileiro, Almada também é a maior compra da Major League Soccer (MLS), sendo negociado ao Atlanta por US$ 18 milhões (cerca de R$ 102 milhões).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Campeão do Mundo em 2022, Thiago Almada não estava sendo convocado pelo treinador Lionel Scaloni, sendo convocado apenas de última hora com a lesão de Joaquin Correa e atuou por apenas seis minutos em todo o torneio. Os poucos minutos foram suficientes para encantar Messi, que rasgou elogios ao jovem do Botafogo.

“É um jogador muito rápido, que tem o um contra um muito bom e é muito esperto. Não teme nada, encara”, disse Messi meses antes da disputa da Copa do Mundo de 2022.

Comentários estão fechados.