Lista com os donos de clubes mais ricos do Brasil após venda do Cruzeiro

Como todos bem sabem, Pedro Lourenço é o novo dono do Cruzeiro. O empresário comprou 90% das ações do clube que pertencia a Ronaldo Nazário. Com a chegada do investidor, espera-se que a equipe ganhe mais poder de ação no mercado. 

De antemão, não custa lembrar que Pedro Lourenço é um torcedor declarado do Cruzeiro. Também conhecido como Pedrinho BH, o empresário está à frente da rede Supermercados BG, a quinta maior do segmento no Brasil. Para se ter apenas uma ideia, a formatura do gestor celeste está avaliada em cerca de R$ 7,5 bilhões. 

Cruzeiro sobe de posição com Pedrinho

No entanto, apesar dos altos valores, Pedro Lourenço não está nem perto de ser o dono mais rico de um time de futebol brasileiro. A saber, este posto pertence ao austríaco Mark Mateschitz, proprietário do Red Bull Bragantino, que tem uma formatura de quase R$ 200 bilhões.

Um detalhe interessante é que Mark tem apenas 31 anos e é filho único de Dietrich Mateschitz, fundador da Red Bull. Ele herdou a participação de 49% da empresa de seu pai, que faleceu em 2022.

O segundo lugar do ranking é do sheik Mansour Bin Zayed al Nahyan, dono do Grupo City. O magnata é membro da realeza de Abu Dhabi e tem uma fortuna estimada em R$ 150 bilhões.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A títilo de comparação, Rubens Menin, junto com seu filho Rafael, detém a maior parte das ações da SAF do Galo. Além de possuir participação no Atlético-MG, ele é o controlador de grandes empresas como MRV, Banco Inter e CNN Brasil. Segundo a Forbes, sua fortuna é estimada em US$ 1,8 bilhão (R$ 9,1 bilhões).

Comentários estão fechados.