Gambiarra? Conmebol não libera e reforço do Cruzeiro foi inscrito como preparador físico 

O Cruzeiro entrou em campo na noite da última terça-feira (23), às 19h, para encarar o Unión La Calera, no Chile. O duelo ficou marcado por mais uma atuação apática da Raposa e um empate em muito sal por 0 a 0. No entanto, um outro fato chamou atenção. 

Isso porque coube a Moisés Moura, auxiliar do Cruzeiro, dar explicações sobre o empate. Isso porque ele precisou assinar a súmula como treinador celeste, já que Fernando Seabra não tem a licença exigida pela Conmebol para exercer a função no jogo.

Cruzeiro teve 2 técnicos na Sul-Americana

Seabra ficou à beira de campo, comandou o time durante o jogo, mas, no documento oficial da partida, o nome do preparador físico foi inscrito como técnico. Moisés lamentou os erros que o time teve no primeiro tempo, quando foi superior aos chilenos.

“Creio que, se a gente tivesse aproveitado melhor as chances no primeiro tempo, o jogo mudaria, e a gente não estaria aqui falando sobre a questão do resultado. A equipe deles ia se abrir mais, e o futebol é isso: ser efetivo”, disse.

O fato é que, agora, o Cruzeiro voltará a campo no próximo domingo (28), às 16h, pela quarta rodada da Série A do Brasileirão. A partida será em casa, no Mineirão, contra o Vitória. Neste momento, o time está há três jogos sem vencer, sendo dois empates e uma derrota. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fernando Seabra, por sua vez, chegou ao seu quinto jogo no comando técnico da Raposa. O treinador sofreu uma derrota, porém, dolorida, o 3 a 0 para o Atlético-MG, na Arena MRV, pelo Brasileirão.

Comentários estão fechados.