Ídolo do clube, Fábio entra na justiça contra Cruzeiro 

O ex-jogador e sócio majoritário do Cruzeiro Esporte Clube, Ronaldo Fenômeno, não assume uma missão fácil em sua nova posição como responsável pelo clube mineiro.

Realizando seu terceiro ano na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, a Raposa ainda possui uma dívida bilionária e passa por um de seus piores momentos, em 101 anos de história. 

Para piorar, o goleiro Fábio, ídolo da equipe mineira, que deixou o clube após a chegada de Fenômeno e sua diretoria, acionou o Cruzeiro na justiça. 

O goleiro de 41 anos, que agora atua pelo Fluminense, cobra valores que chegam em cerca de R$20 milhões. Dentre os pedidos, estão inclusos salários, premiações e luvas atrasadas. 

No dia 11 de janeiro Ronaldo concedeu sua primeira entrevista como gestor do clube, e explicou a delicada situação financeira da instituição: "O Cruzeiro é um paciente em estado grave, na UTI”.